NOTA FISCAL DE SERVIÇOS PODE SER EMITIDA PELO CELULAR

Os contribuintes do ISS, que estão cadastrados no Setor de Tributos conseguem emitir o documento diretamente pelo software de telefone ISS Online.
O Governo Municipal de Santo Ângelo está disponibilizando em seu site a emissão de Nota Fiscal de Serviço eletrônica (NFS-e), na aba NFS-e / ISS-e. Porém, agora os contribuintes do Imposto sobre Serviço - ISS, que estão cadastrados no Setor de Tributação do município, podem emitir o documento no aplicativo ISS Online, por meio do celular sendo acessível para usuários do sistema android.
De acordo com informações do Setor de Tributos de Santo Ângelo, para ter acesso ao ISS Online, tanto no site da prefeitura, quanto em aplicativo de celular com sistema android, é necessário que o contribuinte esteja cadastrado junto ao setor de tributação do município. O setor está vinculado ao Espaço Cidadão, órgão localizado na Rua Antunes Ribas, 1144, em frente à Câmara de Vereadores.
Segundo o responsável pelo Setor Tributário do município, Eliseu Morin, a disponibilização deste serviço por aplicativo no celular é um facilitador aos usuários na emissão das notas fiscais de serviço, pois não são necessários equipamentos de informática (computadores, impressoras), o documento (NFS_e) é emitido e encaminhado online aos clientes e à Fazenda Municipal, dispensando assim, a impressão física da NFS-e. “Essa iniciativa simplifica o processo, com maior credibilidade e transparência, e preserva o meio ambiente” explica Morin.
O secretário da Fazenda, Luis Alberto Voese, afirmou que a tecnologia é um caminho sem volta e o município está oferecendo sistemas inovadores para facilitar a emissão da nota fiscal pelos empresários que atuam no setor de prestação de serviço em Santo Ângelo.
Para baixar o aplicativo ISS Online o contribuinte cadastrado tem que acessar o site www.santoangelo.rs.gov.br, clicar na aba NFS-e/ISS-e, e no local indicado para baixá-lo.
FUNCIONALIDADES DO APLICATIVO
-Facilitador aos prestadores de serviços para emissão de NFS-e;
-Redução de custos em equipamentos e papel;
-Verificação autenticidade do documento assinatura digital, e-CPF e/ou e-CNPJ;
-Redução de erros com credibilidade e transparência;
-Dar acesso a todos os tomadores de serviços ao Documento Fiscal.

Fonte: Prefeitura Municipal de Santo Ângelo-RS
http://www.santoangelo.rs.gov.br
Texto/foto: João Gomes